Marina é acusada de racismo por campanha com papel higiênico preto

 

A atriz Marina Ruy Barbosa é um dos grandes nomes da mídia brasileira. Ela é conhecida por ter uma personalidade forte e também por mostrar seu rosto em campanhas muito importantes. No entanto, a nova campanha que ela estrela está dando o que falar. Marina foi contratada para fazer publicidade para a Fábrica de Papel Santa Therezinha, que lançou um papel higiênico preto. A ideia era passar a ideia de sofisticação, já que, normalmente, o papel utilizado para se limpar após as necessidades fisiológicas é branco.

A marca utilizou um slogan muito conhecido do movimento negro. O slogan ‘Black is Beautiful’ fez com que a marca virasse alvo de muitos comentários negativos.

A marca utilizou um slogan muito conhecido do movimento negro. O slogan ‘Black is Beautiful’ fez com que a marca virasse alvo de muitos comentários negativos.

Algumas pessoas realmente odiaram a forma como tudo aconteceu, enquanto outras se mostraram descontentes em meio ao problema.

Marina Ruy Barbosa bloqueia comentários após acusação de racismo

A campanha começou nessa segunda-feira (23) e não demorou muito para os ataques começarem, como mostra uma matéria da ‘Folha de São Paulo’. A campanha acabou sendo mal interpretada pelos consumidores, que iniciaram um boicote pelas redes sociais. Marina fez as fotos para a campanha com uma famosa agência de propaganda. As imagens rapidamente circularam nas redes sociais. As fotos, que mostram Ruy Barbosa enrolada em um papel higiênico, foram feitas pelo fotógrafo Bob Wolfenson e, rapidamente, viraram alvo de debate no microblog de 140 caracteres.

Slogan negro em publicidade de papel higiênico faz Marina ser criticada

Como estava sendo muito atacada a campanha, #Marina Ruy Barbosa, ao divulgar as fotos nas redes sociais, preferiu não mostrar a frase da discórdia.

Ela também tratou de bloquear os comentários na foto que divulgou. A empresa que fez a campanha se defendeu das críticas e nega que a publicidade seja racista, pelo contrário, que reforçaria a qualidade da cor preta. “A cor preta sempre foi considerada ícone de estilo e refinamento nos universos de luxo e da moda” e que a “campanha reflete essa integração entre a cor e a sofisticação”, diz a campanha.

O Slogan que a marca tem usado foi criado ainda na década de 1960. Naquele período, o objetivo era enaltecer que essas características físicas dos negros eram muito belas. Para alguns internautas, no entanto, a campanha errou feio e o que fez beirou o horroroso. Fonte: http://br.blastingnews.com

Comments

comments