QUEM MATOU ELIZABETH?

 

Por Denise Moreira

Elizabeth foi assassinada e decapitada em Paraguaçu Paulista. Ela era usuária de drogas. Manoel confessou ter assassinado Elizabeth e foi preso. Ele é usuário de drogas.
A culpa de ter sido morta não é de Elizabeth. Sim, ela era usuária de drogas. Elizabeth foi duas vezes vítima. Ela foi vítima de Manoel. E ela foi vítima das drogas.
Manoel também é uma vítima das drogas. Ele também está morto, assim como Elizabeth. Mas ele está morto em vida, porque sua vida gira em torno das drogas.
A família de Elizabeth está morta. Amigos de Elizabeth estão mortos. Foram espancados, assassinados, decapitados pelo crack, pela cocaína, pela maconha. As drogas matam diariamente milhares de pessoas no mundo. As drogas “matam” diariamente milhões de pessoas que amam pessoas que foram mortas pelas drogas em todo o mundo. Quantas mães se sentem mortas por terem perdido seus filhos para as drogas? Quantas esposas, maridos, filhos, irmãos…quanta gente sofre por ver seus entes serem massacrados todos os dias pela maldita droga?
A droga matou Elizabeth, em Paraguaçu Paulista. A droga matou Manoel, que sequer se lembra como decapitou Elizabeth. Foi a droga. Foi o crack. Foi a falta de políticas públicas eficientes que sejam capazes de combater o tráfico de drogas no Brasil.
Elizabeth está morta. Por causa das drogas. Depois de uma briga por causa de drogas. Talvez Manoel tivesse sido assassinado, mas não. Quem morreu foi Elizabeth. Talvez Elizabeth fosse um homem e também tivesse morrido após uma briga por causa de drogas. Mas não! Foi Elizabeth quem morreu.
As drogas mataram Elizabeth. As drogas mataram Manoel, que matou Elizabeth. Elizabeth precisava de ajuda. Não teve. Manoel precisa pagar pelo que fez. Sim, ele precisa pagar pelo que fez. Mas também precisa de ajuda. E muito provavelmente não tenha.
Elizabeth não morreu porque era mulher. Ela morreu porque além de tudo era mulher e não teve força para se defender de um homem durante uma briga por drogas. Ela morreu por culpa das drogas. Assim como outras centenas de milhares de pessoas que só aumentam a cada dia as estatísticas de vítimas das drogas.
Hoje não são apenas as mãos de Manoel que estão sujas com o sangue de Elizabeth. Estão sujas as mãos de quem “vende” drogas, de quem “defende” as drogas, de quem prega a liberação das drogas. Estão sujas as mãos de quem pode fazer alguma coisa e não faz nada.
Elizabeth morreu por causa das drogas. A vida de Manoel está acabada por causa das drogas. Muitas pessoas morrem o tempo todo por causa das drogas. E ninguém faz nada, nada! Enquanto apontam, atiram pedra, Elizabeth é decapitada!

Comments

comments